Frete Grátis para todo o Brasil

0

Seu carrinho está vazio

março 02, 2023 5 min ler

O efeito da postura na altura de crianças e adolescentes.

Os problemas posturais começam cedo e se estendem pela adolescência e idade adulta, porém as crianças são mais propensas a deformidades, pois estão no período de crescimento e ajuste de estruturas anatômicas. Crianças não supervisionadas podem desenvolver má postura.

Durante a adolescência, a coluna cresce mais veloz que os membros e os músculos e tendões nem sempre são acompanhados pelo crescimento ósseo. Devido à desarmonia do crescimento o adolescente demora a se acostumar com seu "novo corpo" e para construir uma nova identidade corporal, frequentemente ocorrem posturas inadequadas. Uma boa autoimagem corporal fortalece as relações sociais do ser humano entre si e, por isso, possibilita interações efetivas de crianças e adolescentes entre seus pares e com indivíduos adultos.

O diagnóstico precoce em relação às alterações posturais permite um tratamento mais eficaz. Por volta dos sete anos, inicia-se o primeiro fenômeno de aceleração e crescimento ósseo denominado estirão de crescimento, fato que pode durar até cerca de onze anos, em ambos os sexos. Portanto, nas meninas uma segunda erupção é detectada a partir dos 11 anos mencionados. No entanto, no que diz respeito às crianças tal fenômeno deve ocorrer por volta dos treze ou quatorze anos.

Meninos e meninas atravessaram por uma série de mudanças físicas que podem fazer com que seus ossos e músculos cresçam mais velozes. Nesse período de mudanças, o crescimento físico ocorre de forma irregular, ou seja, o crescimento ósseo ocorre em um ritmo mais rápido que o crescimento muscular. A postura é baseada no equilíbrio entre o tônus ​​muscular e a flexibilidade. Os músculos têm que trabalhar com a gravitação de forma contínua e consistente.

 A má postura gera compensações em diversos grupos musculares, comprometendo suas várias funções. Entre as principais alterações do sistema músculo-esquelético que acometem a população em idade escolar e constituem-se fatores de risco para disfunções na coluna vertebral, a acentuação das curvaturas fisiológicas da coluna vertebral, o que desencadeia a hipercifose, escoliose e a hiperlordose.

A fisiopatologia da coluna vertebral tem início principalmente na infância devido à adoção de postura básica na posição sentada, isso vai exigir maiores esforços da coluna. Desse modo, ocorre uma neutralização da função da perna e pélvis que são à base de apoio para a sustentação, recepção e distribuição do peso corporal. Com isso há maior sobrecarga sobre a coluna vertebral e sobre as estruturas que a compõem. Além das alterações da lombar, a postura sentada por um período prolongado tende a reduzir a circulação de retorno dos membros inferiores, gerando edema nos pés e tornozelos e ainda promove desconfortos na região do pescoço e em membros superiores.

Outro problema que acomete crianças e adolescentes que ainda estão com as estruturas ósseas e musculares em formação, refere-se ao excesso de peso em levar materiais escolares de maneira incorreta, tanto do ponto de vista ergonômico quanto postural esse fato associado à inadequação das dimensões no ambiente escolar, pode levar à instalação ou agravamento dos desvios do eixo vertebral. Hábitos posturais incorretos, adotados desde os primeiros anos de escolaridade, são motivos de preocupação. Pelo fato de as crianças se encontrarem em processo de crescimento e as estruturas músculo-esqueléticas estarem em desenvolvimento, elas são mais susceptíveis a deformações. Assim, orientar e intervir nos hábitos e nas atividades, nessa fase da vida é essencial para que o indivíduo desenvolva a consciência corporal, além disso, há uma significativa contribuição para o conhecimento do próprio corpo com autonomia, no sentido de reduzir possíveis afecções posturais.

 


Preocupações relacionadas à construção de hábitos posturais para uma coluna saudável são compreendidas como pontos relevantes para a saúde das crianças e adolescentes. Diante deste quadro, torna-se necessário promover intervenções nos hábitos e na qualidade de vida deles.  

 

 A Alignmed® Brasil possui peças de vestuário exoesqueléticos com uma matriz anatômica de faixas, painéis e costuras, coletivamente denominadas NeuroBands®,  nossa terapia é vestível para retreinar os músculos e melhorar o tônus ​​muscular, o desempenho, a postura, o equilíbrio e reduzir a dor. O toque terapêutico da nossa blusa tem como alvo grupos musculares específicos, em uma sequência cinética para influenciar o sistema nervoso central e seu papel essencial no movimento, prevenção de lesões e recuperação de lesões. Nossas peças podem ser usadas para retreinar a postura inadequada devido a comportamentos de movimentos habituais causados pelos maus hábitos do dia a dia.

A postura adequada é muito importante para o desenvolvimento físico e funcional de crianças e adolescentes. Uma postura correta contribui para o alinhamento adequado do corpo, o equilíbrio muscular e o desenvolvimento ósseo adequado. A má postura, por outro lado, pode levar a desalinhamento e desequilíbrio muscular, que podem afetar negativamente o desenvolvimento ósseo e muscular. Isso pode levar a uma diminuição na altura, uma vez que o crescimento ósseo é um processo que ocorre ao longo dos anos e é influenciado por muitos fatores, incluindo a postura.

 

 A má postura também pode levar a outros problemas de saúde, como dores musculares, dores nas costas e pescoço, fadiga, falta de concentração e má postura durante a vida adulta. Por isso, é importante que as crianças e adolescentes desenvolvam hábitos posturais saudáveis desde cedo, para evitar problemas futuros.

 

Dicas das Enfermeiras: 
Alguns hábitos que podem ajudar a manter uma boa postura incluem:
 

  • Sentar-se corretamente em cadeiras e mesas com altura adequada
  • Utilizar mochilas escolares que distribuem o peso uniformemente pelos ombros.
  • Evitar permanecer em uma mesma posição por períodos prolongados, alternando a posição e movimentando-se
  • Praticar atividades físicas que fortaleçam a musculatura postural.
  • Dormir em colchão adequado e em posição que mantenha a coluna vertebral alinhada.

 

 É importante ressaltar que a correção postural não deve ser feita somente com o uso de sapatos com salto alto ou palmilhas, pois essas medidas são paliativas e não corrigem o problema de fato.

A correção da postura deve ser feita através da conscientização e prática de hábitos saudáveis, e, em casos de problemas mais graves, deve ser buscado o acompanhamento de um profissional de saúde, como um Fisioterapeuta ou Ortopedista.​​

 

 

 

 

REFERÊNCIAS

Duarte, Feijó. A importância do ensino e prática da postura correta nas séries iniciais. Efdeportes, 2012. Disponível em: https://efdeportes.com/efd175/ensino-e-pratica-da-postura-correta.htm.Acesso em: 03 Fev. 2023.

PINHEIRO, Marcelle. 5 dicas para alcançar a postura correta. Tua Saúde, 2018. Disponível em: https://www.tuasaude.com/5-dicas-para-alcancar-a-postura-correta/. Acesso em: 03 Fev. 2023.

Ergonomia: 5 dicas para a boa postura sentado. Silton Flex, 2022. Disponível em: https://siltonmoveis.com.br/ergonomia-5-dicas-para-a-boa-postura-sentado/. Acesso em: 03 Fev. 2023.

POLYDORO, João. Cuidado com o peso da bolsa. SO.U + BEM ESTAR, 2022. Disponível em: https://soumaisbemestar.com.br/cuidado-com-o-peso-da-bolsa/#:~:text=De%20acordo%20com%20o%20especialista,dor%20e%20inflama%C3%A7%C3%A3o%E2%80%9D%2C%20diz. Acesso em: 03 Fev. 2023.

BACH, Carlos. Postura correta para exercícios físicos: o que eu preciso saber? Energia do Corpo, 2017. Disponível em: https://blog.energiadocorpo.com.br/postura-correta-para-exercicios-fisicos-o-que-eu-preciso-saber/#:~:text=Os%20exerc%C3%ADcios%20f%C3%ADsicos%20s%C3%A3o%20%C3%B3timos,quanto%20para%20os%20mais%20experientes. Acesso em: 03 Fev. 2023.

SALVAPÉ, Equipe. Como corrigir a postura corretamente? 5 Dicas Imperdíveis! Equipe Salvapé, 2022. Disponível em: https://salvape.com.br/blog/como-corrigir-a-postura-corretamente-5-dicas-imperdiveis/. Acesso em: 03 Fev. 2023.

✔️ Produto adicionado com sucesso.