Frete Grátis para todo o Brasil

0

Seu carrinho está vazio

julho 19, 2023 6 min ler

Resumo: Introdução: A postura é definida como um arranjo balanceado das estruturas do corpo, sendo determinada pelo posicionamento de todos os segmentos do corpo em um dado momento. Além disso, outra hipótese seria que a biomecânica da caixa torácica pode influenciar a mecânica corporal global e qualquer anormalidade da caixa torácica poderá resultar em alterações na postura e no balanço de todo o corpo. Desenvolvimento:A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) é caracterizada por uma obstrução ou limitação ao fluxo aéreo que não é totalmente reversível. Doença pulmonar restritiva:condição caracterizada por redução do volume pulmonar. As camisetas posturais da Alingmed® possuem tecnologias que auxiliam na melhora da postura e consequentemente melhora de possíveis dores ocasionadas por alterações posturais. As camisetas posturais da Alingmed® podem ser utilizadas por pacientes com alterações pulmonares associadas à alterações posturais, pois podem melhorar o padrão respiratório durante os exercícios, evitando alterações biomecânicas em momentos de fadiga extrema. Conclusão:Pode-se dizer, que pacientes com doenças pulmonares apresentam como particularidades, alterações posturais, assim como patologias posturais, podem desencadear restrições pulmonares, levando à diminuição da capacidade respiratória adequada. Sendo assim, destaca-se a grande importância do tratamento desse paciente com a fisioterapia, com uso de camisetas posturais da Alingmed® Brasil, para que o paciente possa apresentar melhora de dores, funções musculesqueléticas e respiratórias.

 

Palavras-chaves:Alignmed®Brasil; camiseta postural; postura.

 

Introdução:

A postura é definida como um arranjo balanceado das estruturas do corpo, sendo determinada pelo posicionamento de todos os segmentos do corpo em um dado momento. Num alinhamento postural normal espera-se que os músculos e as articulações estejam em estado de equilíbrio e com quantidade mínima de esforço e sobrecarga. A atitude postural do tórax insuflado pode levar a uma série de compensações na coluna vertebral e na cintura escapular e pélvica (ALMEIDA et al; 2013).

(Postura Correta)

 

Pacientes com asma apresentam um recrutamento excessivo dos músculos respiratórios em resposta à obstrução do fluxo aéreo, o que leva a uma hipertrofia adaptativa. Esses músculos, quando colocados sob tensão, encurtam-se e perdem a flexibilidade. No entanto, uma vez que existe uma interdependência biomecânica no sistema locomotor humano, qualquer anormalidade da caixa torácica influencia a mecânica de todo o corpo. Neste sentido, a avaliação postural é de fundamental importância para o diagnóstico, planejamento e monitoramento dos resultados obtidos com a fisioterapia (ALMEIDA et al; 2013).

Em adultos com asma, as alterações na mecânica respiratória e a obesidade interferem com a postura do corpo. Acredita-se que o conhecimento do impacto das anormalidades da função pulmonar e da obesidade na postura do corpo podem ajudar a evitar danos posturais nesses pacientes (ALMEIDA et al; 2013).

Algumas evidências sugerem que a atitude postural do tórax hiperinsuflado pode levar a uma série de alterações na coluna cervical, coluna torácica, cintura escapular e pélvica. Além disso, outra hipótese seria que a biomecânica da caixa torácica pode influenciar a mecânica corporal global e qualquer anormalidade da caixa torácica poderá resultar em alterações na postura e no balanço de todo o corpo (GONÇALVES et  al; 2013).

Doenças pulmonares que mais alteram a postura:

- DPOC: A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) é caracterizada por uma obstrução ou limitação ao fluxo aéreo que não é totalmente reversível; a resistência ao fluxo aéreo é progressiva e ocorre em conjunto com uma resposta inflamatória exacerbada dos pulmões a partículas ou gases nocivos. As alterações na biomecânica da caixa torácica causam compensações posturais, como anteriorização da cabeça, protração dos ombros e hiperlordose lombar. Essas alterações vão sobrecarregar os músculos inspiratórios que são os mesmos da postura, sendo de suma importância a avaliação postural para identificar tais desequilíbrios.

 

Doença pulmonar restritiva:

Condição caracterizada por redução do volume pulmonar. Isso pode ser devido a perda da elasticidade dos pulmões ou a um problema com a parede torácica. Os distúrbios pulmonares restritivos mais comuns incluem fibrose pulmonar e doença pulmonar intersticial e até mesmo a escoliose.

Escoliose como fator restritivo pulmonar:

Escoliose é uma disfunção morfológica na  coluna  vertebral, na qual ocorre um desvio tridimencional nos planos sagital, frontal e transversal. É considerada uma patologia multifatorial apresentando variabilidade em relação à etiologia, idade de surgimento, gravidade e progressão da deformidade. As curvaturas tendem a evoluir no plano frontal, axial e sagital provocando diminuição dos diâmetros da caixa torácica e, frequentemente, perda de flexibilidade  com  redução  da  excursão do gradil costal. Além do efeito estético, uma importante consequência da escoliose é o risco de alteração  cardiorrespiratória  especialmente nas escolioses de maior gravidade e, iniciadas em idade precoce. Assim, a disfunção ventilatória restritiva é relatada como um efeito  deletério  frequente  na  escoliose  idiopática (TREVISAN et al; 2008).

 

Anormalidades estruturais da caixa torácica, tal como a escoliose altera a movimentação das costelas e a localização dos músculos respiratórios, promovendo uma desvantagem mecânica que, diretamente, diminui a complacência do tórax e, indiretamente, a complacência pulmonar. O aumento do trabalho ventilatório associado à fraqueza dos músculos respiratórios favorece a falência respiratória crônica.  A pressão inspiratória máxima (PImáx) que refere-se a força dos músculos inspiratórios, especialmente do diafragma,  e  a pressão expiratória máxima (PEmáx) que refere-se a força dos  músculos  expiratórios,  principalmente  dos  abdominais  encontram-se  reduzidas  em  escoliose  idiopática (TREVISAN et al; 2008).

Tratamento conservador da Escoliose:

A  fisioterapia,  por  meio  de  diferentes  métodos,  tem  por  objetivo  minimizar  a  curva escoliótica, prevenir e evitar sua progressão. Sabe-se que, independente da forma, da fase do aparecimento  e  do  tipo  da  escoliose,  observa-se  desequilíbrio  musculoesquelético  com deformidade visível, déficit de conscientização postural e dor progressiva aos indivíduos. Ainda, de  acordo  com   alguns autores, a  conduta  terapêutica  deve  ser  específica respeitando  as  condições  anormais  como:  tipo  de  curvatura,  etiologia,  idade  do  paciente, gravidade e os sintomas.

Exercícios que podem ser realizados:

Cinesioterapia:

É um tratamento utilizado para ajudar no alívio de dores musculares, melhorar a amplitude de movimentos do corpo, melhorar a postura e corrigir alterações da coluna vertebral, podendo ser feitos alguns exercícios citados:

-Exercícios de alongamento com contração isométrica de região lombar: alongamento bilateral, alongamento unilateral e isométrico dorsal.

-Exercícios isométricos paravertebrais: isométrico dorsal, isométrico cervico-dorsal e exercícios abdominais.

Pilates: 

Tem a finalidade de fortalecer os músculos, melhorar a postura, aumentar a flexibilidade e reduzir o estresse. Uma das principais funções do Pilates é o fortalecimento muscular.

RPG:

A reeducação postural global (RPG) é um dos métodos da fisioterapia que trata das desarmonias do corpo humano levando em consideração as necessidades individuais do paciente. A RPG visa o equilíbrio entre as forças musculares que compõem o corpo humano, devolvendo a capacidade de movimentação normal das articulações e a manutenção de uma boa postura, por meio de alongamentos, tração e respiração.

Camisetas posturais Alignmed®Brasil como auxiliar na melhora da postura:

As camisetas posturais da Alingmed® possuem tecnologias que auxiliam na melhora da postura e consequentemente melhora de possíveis dores ocasionadas por alterações posturais.

Como citado nos textos acima, doenças pulmonares e mudanças patológicas na postura estão intimamente interligadas, destacando a grande importância de manter o alinhamento ideal da coluna no dia a dia, seja no trabalho, ou em repouso ou até mesmo durante as atividades físicas.

As camisetas posturais possuem uma tecnologia conhecida como Neurobands, que constituem toda a camiseta, substituindo o kinesiotape, muito utilizado por fisioterapeutas na tentativa de alinhamento muscular e postural. A camiseta postural com neuroband traz consigo benefícios como: melhora da ativação muscular, melhora da propriocepção devido ao estimulo tátil gerado pela camiseta, melhora de fluxo sanguíneo em artéria braquial. Em um estudo, mostrou-se eficaz na melhora da expansibilidade torácica, melhorando assim a função respiratória.

 

 

As camisetas posturais da Alignmed® podem ser utilizadas por pacientes com alterações pulmonares associadas à alterações posturais, pois podem melhorar o padrão respiratório durante os exercícios, evitando alterações biomecânicas em momentos de fadiga extrema.

Conclusão:

Pode-se dizer, que pacientes com doenças pulmonares apresentam como particularidades, alterações posturais, assim como patologias posturais, podem desencadear restrições pulmonares, levando à diminuição da capacidade respiratória adequada. Sendo assim, destaca-se a grande importância do tratamento desse paciente com a fisioterapia, com uso de camisetas posturais da Alignmed® Brasil, para que o paciente possa apresentar melhora de dores, funções musculesqueléticas e respiratórias.

 

Referências:

PETRINI; VENCESLAU; OLIVEIRA;  COLOMBO; Fisioterapia   como   método   de   tratamento   conservador   na escoliose: uma revisão;Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente; 2015.

ALMEIDAA; GUIMARÃES; MOÇOA; MENEZES; MAFORT; LOPES; Correlação entre função pulmonar, postura e composição corporal em pacientes com asma; Revista Portugues de Pneumologia; 2013.

GONÇALVEZ; LEAL; VIEGAS; LÚCIO; MAZO; PAULIN; Relação entre a mobilidade diafragmática e as curvaturas da coluna vertebral em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica / The relation between diaphragmatic mobility and spinal curvatures in patients with chronic obstructive pulmonary disease;Fisioterapia em pesquisa; 2017.

CONTESINI; GARCIA; CAROMANO; Influência das variações da postura sentada na função respiratória: revisão de literatura [I] Influence of sitting posture variations in respiratory function: review of the literature;Fisio. Mov; 2011.

SCHULTZ; D’AQUINO; SOARES; GIMENEZ; PEREIRA; Volumes pulmonares e resistência das vias aéreas em pacientes com possível padrão restritivo à espirometria; j. Brasileiro de Pneu.; 2016.

TREVISAN; PORTELA; MORAES; Relação entre o grau de escoliose e a função pulmonar em indivíduos com escoliose idiopática - Relationship between degree of scoliosis and pulmonary function in individuals with idiopathic scoliosis;Fisioterapia Brasil; 2008.

 

✔️ Produto adicionado com sucesso.